Newsletter

Vale a pena investir em uma babá eletrônica?

Os bebês passam boa parte do dia dormindo, principalmente os recém nascidos. Seja uma soneca à tarde ou durante à noite, é natural que os pais se preocupem com o sono da criança e fiquem alertas com qualquer movimento. Por isso, dependendo da rotina, ter uma babá eletrônica pode valer muito a pena.

Muitos responsáveis aproveitam o tempo que a criança dorme para realizar as atividades da rotina, como organizar o espaço e até o próprio quarto do bebê. Com uma babá eletrônica, é possível deixar a criança descansando sem se preocupar, já que estará de olho mesmo que fazendo outras atividades.

A babá eletrônica

Esse equipamento é bastante conhecido por quem quer ter mais autonomia enquanto a criança descansa, já que o maior intuito da babá eletrônica é enviar sons e imagens entre um transmissor e receptor para que você veja o bebê durante o sono, independente do cômodo e da atividade que estiver exercendo.

Atualmente, existem modelos com áudio e vídeo, outros apenas com áudio e até babás eletrônicas que permitem que você converse com o bebê, mesmo durante o sono. Esse item é ótimo para recém-nascidos e pode até ser útil para ajudar crianças maiores a descansar, caso elas tenham algum tipo de medo de dormir sozinhas.

Benefícios da babá eletrônica

A babá eletrônica traz muitas vantagens para todos os membros da família, sendo alguns deles:

  • Mais segurança para o bebê;
  • Mais autonomia para realizar diversas atividades enquanto a criança dorme;
  • Monitorar o sono dos pequenos e notar qualquer comportamento diferente;
  • Possibilidade de conversar com a criança e tranquilizá-la;
  • Agir rapidamente em casos de emergência;
  • Maior facilidade para acostumar a criança a dormir sozinha;
  • Trazer mais qualidade ao descanso do bebê;
  • Possibilidade de descanso enquanto a criança dorme.

Vale a pena investir em uma babá eletrônica?

Realmente um equipamento como esse pode ser bastante útil no dia a dia, mas será que vale a pena? A resposta é: depende! Se você possui ajuda em casa para cuidar da criança, não precisa de uma babá eletrônica com certa urgência, mas caso tenha muitos afazeres, esse item pode poupar muito tempo e trazer mais tranquilidade para os pais.

Por exemplo: se o quarto do seu filho for longe do seu, ter uma babá pode ser uma ótima escolha. Mas se você só tem segurança de que está tudo bem, quando está junto da criança, talvez uma alternativa seja transferir o berço para o seu quarto por um período.

Muitos responsáveis estão realizando toda a jornada de trabalho em casa, por isso com o home office veio a necessidade de ter uma babá eletrônica para conseguir exercer as atividades como reuniões e ainda monitorar o sono da criança.

Uma babá eletrônica pode ser uma ótima auxiliar para a sua rotina, pois além dos benefícios que são aproveitados pela criança, você tem mais tempo para se organizar e finalizar diversas atividades que estavam paradas.

Opções de babá eletrônica

Uma ótima alternativa para ter uma babá eletrônica em casa é utilizando versões onlines, como os aplicativos disponíveis para esse tipo de monitoramento. Para conseguir ter essa babá eletrônica, você precisa ter dois dispositivos com o mesmo aplicativo e estarem conectados na mesma rede de wifi.

Não se esqueça de que, nesse caso, a câmera do dispositivo pode fazer diferença no monitoramento. Se a qualidade da imagem for baixa, ao ser reproduzida para o seu aparelho, ficaria ainda mais difícil de decifrar o que está acontecendo no quarto e você não conseguirá ver claramente o seu bebê.

Aplicativos como Baby Cam, iSitter e Baby Monitor Annie são excelentes para monitorar a criança durante o sono. Alguns deles permitem que mais de um bebê seja monitorado, ou até tocar sons relaxantes como o barulho da chuva.

Outras possibilidades

Se o seu bebê precisa sentir o seu aconchego de pertinho, lembre-se que o wrap sling é uma ótima alternativa de você ficar bem próximo do seu pequeno e ainda assim realizar atividades do dia a dia.

Gostou desse conteúdo? Acompanhe nosso blog e veja mais artigos como esse!

Deixe sua dúvida que a gente te ajuda

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×