Recém-nascido espirrando: o que pode ser

causas de recém-nascido espirrando

Um recém-nascido espirrando pode ser fofo e engraçado. Esse reflexo natural do corpo é necessário para os bebês poderem respirar bem. Mas também há alguns sinais de alerta.

Se você é mãe de primeira viagem, pode estar se perguntando o que é normal quando se trata da saúde do recém-nascido e o que pode ser um sinal de um problema. 

Uma coisa que pode causar preocupação é se o bebê começar a espirrar muito. Essa reação é comum em recém-nascidos, mas pode ser alarmante se você não tiver certeza do que está causando isso.

Um espirro é um reflexo exibido quando uma pessoa inala profundamente e depois expira com um som repentino e explosivo: o famoso “atchim!”. 

O espirro é geralmente precedido por uma cócega no nariz e, muitas vezes, acompanhado por um corrimento nasal. Espirrar também é um sintoma comum de resfriado, gripe ou alergia. 

Na maioria dos casos, espirrar não é motivo de preocupação e desaparece sozinho. No entanto, em algumas situações, espirrar pode ser um sinal de uma condição mais séria. 

Nesta postagem da Panno Sling, vamos falar sobre recém-nascidos espirrando, suas causas e o que isso pode significar. Boa leitura!

Primeiras semanas: por que meu recém-nascido está espirrando?

Os recém-nascidos têm um padrão respiratório diferente dos adultos. Eles respiram instintivamente pelo nariz, ainda não sabem respirar pela boca. Por isso, eles devem limpar o nariz regularmente.

Espirrar é uma reação neurológica natural para limpar as cavidades nasais do bebê. Usualmente, os espirros indicam que os sentidos e reflexos da criação estão funcionando corretamente.

Além disso, as narinas dos bebês são estreitas por causa de sua pequena anatomia. Então é natural eles espirrarem muito para manter essas passagens limpas devido a fiapos, pelos de animais e poeira.

Porém, espirros que interferem no sono do bebê ou nos hábitos alimentares de um bebê podem indicar um problema subjacente que deve ser tratado por um profissional médico.

Continue a leitura para compreender as causas dos espirros e quais são os sinais de alerta que indicam que algo está fora do comum. 

Causas dos espirros

O seu recém-nascido passou nove meses imerso no líquido amniótico. Por isso, é normal que suas vias aéreas ainda tenham resquícios desse material que precisam ser eliminados. O espirro fará isso.

Além disso, os bebês frequentemente regurgitam o leite. Esse processo geralmente pode ocasionar restos da amamentação em suas vias aéreas. O espirro vai ajudar a limpar esses rostinhos de comida que ficaram presos.

Outro motivo comum para os espirros em recém-nascidos é que o bebê está iniciando seu contato com muitos estímulos diferentes: partículas, perfumes, poeira e ar muito seco. Isso pode irritar seu narizinho sensível.

É importante ficar atento as estações do ano e realizar os cuidados com crianças no inverno

Mas, as causas dos espirros em recém-nascidos podem variar. E inclusive, ser causada por um resfriado, gripe ou alergias. Por isso é importante observar bem seu bebê.

Nesse caso, quando os recém-nascidos espirram, é geralmente acompanhado por coriza e congestão. Em alguns casos, espirrar também pode ser um sinal de uma doença mais grave, como uma infecção. 

Se seu bebê espirrar com frequência e você estiver preocupado com a causa, consulte seu pediatra para obter orientação.

Como amenizar os espirros do bebê

recém nascido espirrando

Existem diversas causas para recém-nascido espirrando, sendo a maioria são reações comuns e que não precisam de tratamento medicamentoso ou correr para o pronto-socorro. 

Muitas mamães de plantão tentam realizar lavagens nasais com soro fisiológico. Mas, se o bebê não apresenta nenhum sinal além do espirro, essa não é uma prática indicada. 

Porém, se você perceber que há o acúmulo de muito muco seco, aplicar gotas de solução salina e aspirar em seguida pode ser uma opção. Converse com seu médico sobre isso. 

Se seu bebê estiver espirrando devido ao nariz entupido, comum em climas secos, você pode usar um umidificador ou vaporizador no quarto para ajudar a soltar as secreções e facilitar a respiração. 

Você também pode dar a eles bastante líquido para beber, o que ajudará a eliminar o congestionamento e a aliviar os sintomas.

Massagens suaves nas laterais do nariz do seu bebê, com as pontas dos dedos, em movimentos para cima e para baixo, também podem ajudar a soltar o muco e aliviar os espirros.

No entanto, é importante procurar atendimento médico se os espirros do bebê não melhorarem ou se forem acompanhados por outros sintomas preocupantes.

Quando seu bebê apresentar espirros causados por uma gripe, resfriado ou alergia, geralmente ele apresentará também outros sinais, o que significa que o plano de tratamento é direcionado ao alívio dos sintomas da doença. 

Casos leves de recém-nascido espirrando podem exigir apenas maior ingestão de líquidos e repouso. Em casos mais graves, remédios específicos podem ser prescrito.

Pontos de alerta 

Os bebês espirram por vários motivos: porque estão resfriados, estão congestionados ou inalaram algo que não pertence ao nariz. Mas às vezes espirrar em recém-nascidos pode ser um sinal de algo mais sério. 

Nas primeiras semanas de vida, é importante ligar para o médico se o bebê estiver apresentando os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Perda de apetite;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Agitação;
  • Cansaço excessivo;
  • Dificuldades para respirar;
  • Secreção nasal;
  • Olhos lacrimejando;
  • Não obter ganho de peso conforme o esperado.

Se seu bebê estiver espirrando, mas não apresentar nenhum desses outros sintomas, você não precisa se preocupar. 

Você também deve observar se seu filho não pode apresentar um quadro alérgico. Há vários fatores alergênicos, ambientais, sazonais e alimentares que podem intensificar os espirros em recém-nascidos.

Os recém-nascidos geralmente têm passagens nasais congestionadas e espirram com frequência. Então, respire tranquilamente, que seu bebê vai espirrar muitas vezes.

Mas se seu bebê estiver apresentando outros sintomas preocupantes com os espirros, ligue para seu médico imediatamente.

Independentemente da causa dos espirros do seu filho, ele vai precisar de muito colo. Para o conforto da mamãe e do bebê nós temos uma linha completa de Slings que vão atender às suas necessidades. Confira nossos modelos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima