O que é colostro? Conheça a importância da “primeira vacina” do bebê!

Bebê mamando

Quem tem filho há mais tempo certamente já sabe muito bem sobre o colostro e qual sua a importância para o bebê.

Agora, se você está grávida e é mãe de primeira viagem, talvez esse termo seja uma completa novidade. Pode ser que você até já tenha ouvido falar, mas não faça a menor ideia do que se trata.

Fique calma! Continue acompanhando a leitura do post que nós vamos explicar o que é colostro e por que essa substância é essencial para a saúde do seu filho!

O que é colostro?

Colostro é o primeiro líquido liberado pelo seio materno, que muita gente acha que é igual ao leite. Mas, na verdade, não é exatamente a mesma coisa.

Para começar, o colostro é mais grosso do que o leite, e a sua composição também é diferente. Ele contém menos gorduras e mais proteínas e sais minerais, como potássio e sódio, responsáveis por causar um sabor salgado no líquido.

A aparência do colostro também difere. Normalmente, ele é um fluido amarelado ou transparente, parecido com água de coco. Não tem a coloração esbranquiçada como o leite em si.

Quando o colostro aparece?

O organismo da mulher começa a produzir o colostro ainda na gravidez. Por volta do último trimestre de gestação, pode já haver alguma saída de secreção.

Porém, a produção de colostro aumenta mesmo logo após o parto. Nas primeiras mamadas, a sucção do bebê nas mamas estimula a ocitocina, hormônio que contribui para a ejeção do colostro em maior volume.

Entre 3 a 5 dias pós-parto, os níveis de estrogênio e progesterona caem, permitindo que a prolactina suba. Esse rebalanceamento hormonal dará início a produção do leite em si, que irá nutrir a criança pelos próximos meses.

Em dúvida sobre o que levar na mala da maternidade? Veja a lista de itens indispensáveis!

Quais os benefícios do colostro para a saúde do bebê?

O colostro é tão benéfico para os pequenos que é considerado a “primeira vacina” do bebê, além de ter ganhado o apelido de “líquido de ouro”.

Não é por menos, afinal, ele é mesmo muito nutritivo! O colostro é rico em vitaminas E e K, além de outras propriedades que contribuem muito para a saúde do recém-nascido:

1 – Fortalece o sistema imunológico na defesa de infecções

Essa substância possui leucócitos e imunoglobulinas que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e combater infecções diversas.

Essas propriedades são especialmente importantes nos primeiros dias de vida do bebê, quando ele não tem mais a proteção do organismo materno e o seu organismo ainda é indefeso.

2 – Ajuda no funcionamento do intestino

O colostro contribui para o amadurecimento do intestino, estimulando o desenvolvimento da mucosa e das bactérias benéficas para o trato intestinal.

Um dos benefícios é que o mecônio (primeiras fezes do bebê) pode sair mais rapidamente, evitando o aparecimento de icterícia.

3 – Protege olhos, coração, cérebro e ossos

As vitaminas e sais minerais presentes no colostro também são importantes para a proteção dos olhos, o endurecimento dos ossos, o desenvolvimento do cérebro e o fortalecimento do coração.

Viu só? Você nem não imaginava que esse líquido fosse tão poderoso, não é? Agora dá para entender por que o colostro é tão aclamado pelos pediatras e especialistas em saúde da criança!

Como dar colostro para o bebê?

Não tem mistério nenhum! Para o bebê se beneficiar de todos os nutrientes do colostro, basta amamentá-lo em livre demanda desde a primeira hora de nascimento.

O colostro não exige uma extração especial. Ele sai dos seios tal qual o leite materno, e a quantidade varia de mulher para mulher. Por isso, não fique apreensiva se a produção não for tão farta. Afinal, a capacidade gástrica do bebê recém-nascido também é bem reduzida.

Por isso, o melhor que você pode fazer é tentar relaxar e se conectar às sensações positivas da amamentação.

Se a experiência não estiver sendo agradável e envolver dores e desconfortos, possivelmente a pega do bebê não está correta. Ou seja, a extração do colostro e, posteriormente, do leite serão prejudicadas. Então, busque ajuda especializada. 🙂 Procure a melhor posição para amamentar e utilize um sling para ajudar no conforto de vocês dois.

Por fim, aproveite essa fase da melhor maneira possível. <3 Veja outras 20 dicas para mães de primeira viagem ficarem tranquilas!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima