Newsletter

Chupeta: dar ou não para o bebê?

Apesar de muito comum, a chupeta é um item que deixa muitas pessoas com dúvidas, afinal, pode dar ou não para o bebê? Esse questionamento é bastante pertinente pois a chupeta influencia a maneira que a criança fala e principalmente a formação de seus dentes.

Diversos profissionais de saúde dizem que dar chupeta para criança é prejudicial, outros já afirmam que esse acessório é vantajoso para o desenvolvimento do bebê. Por isso, vamos te mostrar algumas informações importantes sobre a chupeta e te ajudar a tomar a melhor decisão para a criança. Acompanhe esse artigo e boa leitura!

Uso da chupeta

As chupetas geralmente são introduzidas na vida das crianças desde muito pequenas. Elas são vistas como uma forma de acalmar o bebê em momentos mais agitados, já que simulam a amamentação, mas são um acessório bastante cultural e podem afetar negativamente o desenvolvimento do seu filho.

Algumas pessoas entendem que ao dar a chupeta para as crianças, elas ajudam a rotina dos pais, pois algumas crianças sentem mais tranquilidade com uma chupeta na boca e caem no sono mais fácil.

Ela também substitui o peito nesse momento de soneca, possibilitando que a mãe e o pai tenham mais tempo para organizar as outras tarefas. Porém, esse item tem altas chances de afetar negativamente o desenvolvimento da criança.

Por exemplo, caso a criança passe o dia todo, fale ou brinque com a chupeta na boca, a possibilidade de ter um problema bucal é bastante elevada. Essas complicações influenciam diretamente na fala e no crescimento dos dentes, desse modo, a chupeta pode ser uma vilã.

Faz mal para o bebê?

Ao utilizar a chupeta, a criança ficará acostumada a fazer o movimento de sucção de uma forma diferente do que é utilizado na amamentação. A amamentação é ideal para que a criança cresça mais forte e tenha todos os nutrientes para o seu corpo, por isso, ao colocar uma chupeta na rotina do bebê esse processo é diretamente prejudicado.

Com o uso constante do item, o cérebro da criança ficará confuso e ela não conseguirá puxar o leite da maneira correta. É importante destacar que essa pode ser apenas uma das causas de dificuldade na amamentação, que deve ser observada de perto. Você pode conhecer outros fatores acessando nosso conteúdo sobre porque o bebê não quer mamar.

É um mito dizer que a chupeta ajuda na sucção dos bebês, pois ela pode influenciar negativamente esse sistema. Ao utilizar muito a chupeta, a sucção do peito perde a eficiência e algumas vezes esse é um dos motivos para o desmame precoce das crianças.

Fora isso, a chupeta pode trazer problemas bucais, desenvolver problemas na fala e até na maneira de falar. Muitas crianças acabam desenvolvendo otites constantes, dores de ouvido e se acostumam a manter a postura da língua sempre para baixo, alterando a musculação da face e o processo de desenvolvimento ósseo.

Agora é a sua vez! Analise se vale a pena dar ou não uma chupeta para o seu filho, fale com o pediatra e outras mães sobre esse tema importante. Não se esqueça de compartilhar esse conteúdo para ajudar outros pais com essa mesma dúvida!

Deixe sua dúvida que a gente te ajuda

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×