Newsletter

Sling: até que idade usar com meu filho?

O sling se transformou em uma peça fundamental no enxoval do bebê. Prático e fácil de usar, ele acomoda o bebê no colo da mãe, do pai e de qualquer outra pessoa que queira transportar o pequeno ou até mesmo realizar tarefas do dia a dia sem perder o contato físico com ele. Mas até qual idade é recomendado usar o sling?

Neste artigo, você vai descobrir até quando pode usar essa peça, quais são seus benefícios e os tipos de sling e para que cada um deles é recomendado. Continue a leitura, aproveite o conteúdo e escolha seu sling preferido!

Benefícios do uso do sling

O uso dos slings é liberado pela Sociedade Brasileira de Pediatria após o bebê completar o primeiro mês de vida. É preciso, contudo, prestar bastante atenção para acomodar o pequeno da forma correta, deixando-o confortável.

O sling é usado por muitas mães que querem continuar desenvolvendo algumas tarefas sem deixar de ter contato com o bebê, principalmente em seus primeiros meses de vida, onde ele passa pela exterogestação.

Isso significa dizer que o bebê está em uma fase em que ainda não entendeu que está fora da barriga da mãe. Nesse período, quanto mais ele se sentir protegido, ou seja, com barreiras em contato com seu corpinho sem se sentir tão solto e imitando o ambiente uterino, melhor.

Além disso, o sling aumenta o vínculo entre pai e mãe e bebê, já que o contato físico é fundamental em qualquer idade, principalmente nos primeiros anos de vida. O pequeno ainda fica em posição vertical após as mamadas, facilitando a digestão.

Para os papais e mamães, os benefícios também existem: além de distribuir o peso do bebê pelo corpo de quem carrega, ele deixa a vida mais prática por deixar as mãos livres e evita o uso do carrinho em algumas situações, como passeios rápidos e caminhadas.

Até quando usar o sling?

Não há recomendação oficial de autoridades sobre o limite de idade para uso do sling. Os da Panno Sling, por exemplo, permitem o uso até os 15 quilos da criança ou até os 3 anos de idade.

As únicas regras a serem observadas é se pai e criança estão confortáveis no uso. Por isso, escolher o tipo certo de sling é fundamental.

Wrap sling

O wrap sling é uma faixa bem grande, com 5 metros, que você pode passar sobre os ombros e amarrar ao corpo. O bebê, portanto, fica bem posicionado e o peso distribuído igualmente entre as costas do carregador.

É possível acomodar o bebê de frente para quem o carrega ou também nas costas. Essa última forma é mais recomendada para bebês maiores, que já sentam sem apoio.

Sling de argola

A faixa de tecido, nesse modelo, fica presa por argolas, possibilitando uma amarração única. As argolas permitem que as faixas sejam reguladas até que o pequeno fique bem firme, sem ficar apertado demais.

Ao contrário do wrap, a faixa do sling de argola fica em só um ombro do carregador, então a dica é ir trocando de ombro conforme o uso. Também é possível colocar o bebê nas laterais do corpo do adulto e também na frente.

Conclusão

O uso do sling traz muito mais praticidade para o dia a dia das famílias, mas acima de tudo é uma maneira de manter o contato e estabelecer vínculos com os filhos desde cedo. Por isso, é importante escolher o melhor para o seu estilo de vida e usá-lo até quando se sentir confortável em carregar seu pequeno dessa forma!

Quer um sling perfeito para as suas necessidades e totalmente seguro? Confira em nossa loja todas as opções e escolha a sua!

Deixe sua dúvida que a gente te ajuda

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×