Newsletter

É seguro viajar grávida?

Durante a gestação ocorrem restrições de acordo com os meses de gravidez. Essas recomendações são feitas para preservar a saúde do bebê e da mãe, por isso devem ser seguidas conforme a indicação médica. Alguns pais querem viajar para relaxar e curtir momentos únicos, mas será que é seguro viajar grávida?

Existe alguma contraindicação para a realização de viagens? Qual o melhor período da gravidez para viajar? E o transporte? Continue a leitura desse artigo para saber todos os detalhes que devem ser levados em conta na hora de planejar uma viagem estando grávida!

Viagens de avião

Cada companhia aérea tem as suas políticas relativas ao transporte de gestantes. Até a 27ª semana de gestação é possível viajar de uma forma segura, sem necessitar de documentos que liberem o embarque. Mas, após a semana 27, algumas empresas solicitam um atestado médico para a gestante.

Outras companhias requisitam uma declaração de responsabilidade. Já nos casos de gestantes que precisam viajar entre a 36ª e 37ª semana, apenas embarcam com acompanhamento médico, sendo o responsável por cuidar da mãe durante a viagem e assumindo os riscos do trajeto.

Nesse caso, é aconselhável que a grávida fique em um assento próximo da asa e no corredor, facilitando o caminho até o banheiro. Uma ótima forma de evitar acidentes é utilizar uma meia de compressão para evitar inchaço e, caso possível, realizar pequenos alongamentos durante a viagem.

Viagens de carro

Para as viagens de carro, as grávidas não possuem nenhum tipo de restrição de acordo com o Código de Trânsito, mas os médicos indicam que após a 36ª semana, as mamães não se aventurem dirigindo em estradas. Para dirigir na cidade, é indicado conduzir até a 38ª semana.

Mesmo com a barriga grande, é indispensável o uso do cinto de segurança. É importante realizar paradas estratégicas, a cada uma ou duas horas no máximo. Seja como passageira ou motorista, para garantir uma viagem segura durante a gravidez, as mamães precisam respeitar seus limites e entender os sinais do corpo.

Então, fazer movimentos circulares com os pés dentro do veículo, ao parar realizar pequenas caminhadas e tirar um tempo para dormir e descansar, farão toda a diferença durante o trajeto, principalmente em viagens com uma longa distância.

No entanto, para garantir a segurança da mãe e do bebê, um fato que é preciso estar atento é relativo ao airbag. Mesmo que esses equipamentos tragam mais proteção, com uma barriga muito grande, eles podem ferir a mãe e a criança, podendo ocasionar partos às pressas e ferimentos na barriga. Por isso, se a gestante for passageira, é melhor se localizar no banco de trás e evitar o volante mesmo com pouco tempo te gravidez.

Viagens de navio

As viagens de navio quase sempre são seguras, mas o movimento do mar costuma deixar boa parte dos tripulantes enjoados. Por esse motivo, as empresas responsáveis pelo cruzeiro aceitam embarcar grávidas até a 24ª semana de gestação.

Algumas companhias solicitam o atestado que comprove a liberação médica para realizar esse tipo de viagem. Todo esse cuidado é voltado para garantir que as mamães fiquem bem. Isso porque os enjoos podem ser persistentes nesse tipo de veículo.

É aconselhável que as gestantes fiquem nas cabines centrais ou inferiores, justamente por balançarem menos. Além disso, escolher cabines com camas de casal também será uma forma de garantir o descanso das mamães, principalmente porque as camas dos navios costumam ser mais estreitas.

É aconselhável tomar sol?

Depois de uma viagem segura, muitas grávidas querem tomar um pouco de sol ao chegar no destino. Mas, é importante tomar cuidados especiais, sendo alguns deles:

  • Evite ficar com o biquíni molhado por muito tempo. Esse pode ser um dos fatores causadores de infecções vaginais, como a candidíase e essas infecções podem ocasionar um parto prematuro;
  • Se for para praia, fique na parte mais rasa, assim as chances de queda são menores;
  • Use repelente com fórmulas que possuam uma grande concentração de icaridina;
  • Evite se expor muito ao sol. Se possível, prefira descansar na sombra, consumindo bastante líquido;
  • Use protetor solar, já que as grávidas são mais propensas a desenvolver manchas na pele, principalmente no rosto. Sem o devido cuidado, essas manchas podem evoluir para um quadro de melasma. Além do protetor, utilize chapéus de aba larga, saídas de banho que cubram o corpo, por exemplo.

Diante todas essas informações podemos dizer que sim, realizar viagens durante a gestação é totalmente seguro, desde que as recomendações indicadas sejam seguidas. Por isso, pense muito no seu destino, tempo de trajeto e curta esse momento de descanso antes do parto!

Continue em nosso blog e veja mais conteúdos como esse!

Deixe sua dúvida que a gente te ajuda

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×